Adestramento de Cães - Como fazer o cachorro parar de latir

Como fazer o cão parar de latir?


Fazer o cachorro parar de latir é um tremendo problema para os donos. Alguns cachorros latem em excesso, tornando a convivência muito difícil e, às vezes, causando atrito entre os vizinhos.

Os latidos insistentes do cão, que às vezes não para de latir de jeito nenhum, afetam a vizinhança toda.


Filhotes de cachorro também podem ser bem difíceis de adestrar. Dependendo das raças de cachorros que precisam ser ensinadas, a tarefa pode ser difícil. 

Raças como Lhasa Apso, Yorkshire e Shih Tzu podem ser bastante barulhentas.

Às vezes, no entanto, o latido pode sinalizar algum problema de saúde no seu animal de estimação, principalmente se o cachorro latindo parece doente ou triste.


No artigo de hoje iremos dar dicas de como seu cãozinho pode ser adestrado a ser mais silencioso.

Se o seu cachorrinho anda fazendo muito barulho à noite, ou latindo excessivamente durante o dia, Adestramento Para Cães traz hoje algumas dicas que irão ajudá-lo a enfrentar esse problema.

Deve-se levar em conta se o cachorro que está latindo muito é seu ou do seu vizinho. 

Se o cachorro barulhento é do seu vizinho, dê uma olhadinha neste outro artigo aqui: Como fazer o cachorro do vizinho parar de latir

Nele, daremos algumas ideias de como proceder quando a tranquilidade da vizinhança fica abalada por causa do barulho excessivo.



Por que o cachorro late?


Existem vários motivos para o cachorro latir. A principal razão, no entanto, é que o latido nada mais é do que a sua maneira de "conversar". Cachorro latindo, é cachorro conversando.

É através do latido que o cão verbaliza sua alegria, desconforto, frustração ou ansiedade. 


Leia também: 
Como fazer o cachorro parar de morder

Também é através dele que o cachorrinho conversa com os outros que estão mais distantes (nas casas vizinhas ou até mesmo em outras ruas).

Deve-se levar em conta que o latido é um comportamento comum e normal no cachorro. 

O problema existe quando esse latido passa a ser ininterrupto, sem motivos, de forma muito ruidosa e em horários desaconselháveis, como à noite, de madrugada e, em geral, em momentos em que gostaríamos que ele fizesse silêncio.


Adestramento Para Cães reuniu os 5 motivos porque o cachorro late.


1) Cachorros que passam muito tempo sozinhos apresentam esse hábito, além de uivar. 

Porque o cachorro uiva, ele acaba chamando a atenção sobre sua solidão. Esse comportamento é chamado de Síndrome da Ansiedade da Separação


2) Animais presos durante o dia inteiro em locais muito movimentados, como em um jardim em frente à rua, ou em uma garagem próximo à calçada, irão aprender a ladrar como consequência do seu confinamento. 

Eles aprendem a latir para estranhos que se aproximem do seu território (no caso daqueles que estão presos no jardim), pois acreditam que as pessoas, e até mesmo outros animais, estejam querendo invadi-lo. 

Também irão acuar em excesso por só ouvirem os ruídos que vêm de fora (no caso daqueles confinados na garagem), sentindo-se ameaçados pelo que não conseguem ver.

Nesse caso, eles acabam ladrando pelo hábito, pois têm a impressão que seus latidos conseguem afastar os transeuntes e outros animais que se aproximam do seu território. Um comportamento assim acaba se tornando auto-recompensador.

3) Cachorros que convivem com famílias muito ruidosas também desenvolvem esses hábitos, pois sua tendência é imitar o que os donos fazem, isto é, falar alto.

4) Outra situação comum é o latido por tédio, que ocorre quando o cachorro não tem uma atividade física recompensadora.

Cães de raças mais ativas tendem a solicitar exercícios físicos de forma insistente através dos latidos.

5) Por fim, talvez o cachorro não esteja acuando, mas ganindo por causa de dor, fome ou frio. Nessas situações, qualquer animal faria o mesmo, isto é: reclamaria.


Como fazer o cachorro parar de latir?



De forma geral, algumas técnicas poderão auxiliar seu cachorro a diminuir, talvez até parar, com o latido.

1) Dê atenção ao seu pet. Normalmente adquirimos um cachorro pela sua característica de sociabilidade, isto é, pela necessidade de atenção e calor humano.

Um cachorro solitário será um cachorro triste e deprimido. Isso pode causar barulho em excesso.

No entanto, às vezes somos obrigados a passar muitas horas longe dele, seja na escola, faculdade ou no trabalho.

Nesse caso a regra é torná-lo o mais independente possível. Dê uma olhada neste artigo aqui.

2) Cachorros que latem para chamar a atenção não devem ser recompensados com a atenção do dono.

Mesmo uma bronca dada por você já é uma recompensa. Habitue-se a corrigi-lo através de atitudes "secretas", isto é, sem que ele veja.

3) Trate a ansiedade do cachorrinho. Diminua os conflitos familiares ou, ao menos, afaste-o quando isso acontecer. Cães absorvem muito da dinâmica familiar e aprendem a reconhecer o estresse entre os membros da sua matilha.

4) Brinque e faça seu cachorro exercitar-se. Cães entediados e preguiçosos representam um grande problema para o dono, e para si próprios.


Cachorros, assim como humanos, devem manter-se ativos, de forma a estarem mais relaxados ao final do dia.

Deixe seu cachorro cansado, correndo com ele e adestrando-o. Uma dica ótima são os treinamentos de agilidade e educação, que exigem muito esforço do animal, deixando-o mais calmo posteriormente.

5) Por fim, verifique se ele está doente ou com alguma dor no corpo. Nada vai fazê-lo parar se ele não estiver saudável.

Dê atenção a seu cachorrinho
Temos que ter em mente que o cachorro é uma criatura sensível e inteligente demais para ser deixada abandonada em um jardim.

Ele precisa da atenção regular do dono, de exercícios e, principalmente, de adestramento. Tudo o que ele fizer de errado, e que não for corrigido, será assimilado como regra. Fica difícil, depois, fazê-lo esquecer-se dessas regras.

Grande parte dos cachorros que latem em excesso são criados acorrentados do lado de fora da casa, como se fossem um instrumento de segurança, e não um ser vivo. A única atenção que eles recebem do dono é quando ganham comida ou água, uma ou duas vezes ao dia.

Alguns cachorros passam quase 24 horas por dia sozinhos. A ponto de quase não reconhecerem os donos quando os vêem.

Para que possamos corrigir algumas das características que consideramos erradas no cachorro, devemos corrigir primeiro a nós mesmos. Muitos adestradores precisam, antes do cachorro, adestrar os donos.

Outras formas de evitar o latido em excesso é através de acessórios que auxiliam o treinamento. Muitos materiais, hoje em dia, favorecem a educação e o adestramento do animal, diminuindo o tempo gasto em educá-los.

Cuide da saúde física e mental do seu cachorrinho. Ele vai aprender o que você espera dele.



Até breve!



Um comentário:

  1. Muito bom, eu tenho um curso completo que ensina todos os comportamentos de educação canina, se alguém quiser aprender como adestrar um cachorro aqui está o site http://bit.ly/1B7PN8a

    ResponderExcluir