Cão policial lamenta a morte do parceiro


Nesta notícia retirada da internet, Adestramento de Cães apresenta a imagem de um cão policial, de Kentucky, Estados Unidos, colocando sua patinha no caixão que leva o corpo de seu parceiro humano, Jason Ellis, enterrado no dia 03 de junho deste ano. O cachorro teria sido aposentado pela polícia depois do ocorrido, e adotado pela família de Jason.

A morte do melhor amigo pode transtornar o cachorro. Para o cão, um membro ativo da matilha - na verdade o líder - desapareceu. Muitos animais nessas circunstâncias podem abdicar de continuar vivendo, deixando de se alimentar e beber água. O estado é conhecido como depressão canina.

No filme "Sempre ao Seu Lado", de 2009, Hachiko, o cão Akita japonês, é encontrado pelo professor universitário Parker Wilson (Richar Geere), que o adota. Juntos acabam se tornando melhores amigos, até que Wilson sofre um ataque cardíaco e morre. A história então se concentra em como Hachiko procura lidar com a perda, tendo a esperança, todos os dias, de que o dono irá retornar.


A história é baseada em fatos reais, e ocorreu no Japão no ano de 1925. O dono do cachorro se chamava Hideasaburo Ueno.

Hachiko costumava acompanhá-lo até a estação de trem, e após sua morte continuou fazendo-o durante os próximos nove anos, vindo a falecer em 1935. Há uma estátua sua na estação de trens de Shibuya, no Japão. 

Sabe-se que vários animais podem experimentar o sentimento do luto.

A melhor forma de se lidar com isso é a compreensão, através da sensibilidade. Atitudes pró-ativas são bem-vindas, como alimentá-los à força, se necessário até com sondas, pois o tempo e o dia-a-dia deverão se encarregar melhor dos sentimentos do cão. Mas para isso é necessário que ele esteja vivo e saudável.
Outra coisa importante é estabelecer um novo líder para ele. Como a liderança da matilha é exercida pela autoridade e o carisma, ambas as situações devem ser levadas em conta pelo postulante. O novo dono precisa conquistar o cachorro para que a perda seja lentamente diminuída.

Até breve!