Filhotes - 10 Dicas Úteis (Parte I)


Filhotes de cachorro


Todas as raças de cachorro têm um ponto em comum: foram filhotes um dia.

Portanto, ao ter sido filhotinho, o cachorro precisou de cuidados especiais.


A dieta do cachorrinho, as horas de sono, as brincadeiras, tudo faz parte do mundo dos nossos animais de estimação.

Ao crescer, o cachorro muitas vezes é o reflexo do que ele vivenciou durante sua infância.


Como animais domesticos, nossos cães devem receber todo o afeto de que necessitam, desde pequeninos.

O fato, porém, é que nem todo mundo sabe como cuidar da maneira correta do seu filhote.

Ao adquirir um cachorrinho, muitas pessoas se assustam com o conjunto de responsabilidades que esse ato acarreta. 

Você deverá se preocupar com a caminha, com a ração especial, os banhos, sem contar com a vacinação, desverminação, consultas com o veterinário...

Pensando nisso, resolvemos listar 10 dicas úteis para você ter em mente quando resolver adotar seu filhotinho.


Filhotes de cachorro - 10 dicas 


1. O líder. Ao trazer para casa o cachorrinho, a família tem que estabelecer desde o início quem vai ser o líder da matilha. 

Um cão vai respeitar e amar todos os integrantes do seu bando, mas vai ter particular respeito e adoração pelo líder. 

O correto adestramento de cães prevê que essa etapa é tarefa de uma pessoa só, para não gerar confusões na cabeça do seu cachorro.

2. Um cachorrinho é uma criatura frágil. Ele acabou de ser separado de sua mãe, de seus irmãos, enfim, da sua família. 

O processo é extremamente doloroso para ele. Não é raro o filhotinho chorar durante a noite toda. Ele perdeu sua família. Deverá se habituar a uma família nova.

O que fazer? Ter paciência. Filhotes de cachorro precisam se sentir seguros e acolhidos. 

Cães não são criaturas solitárias, eles precisam do seu bando, da sua matilha. 

Uma dica prática é colocar uma bolsa de água quente (não o suficiente para queimá-lo) na sua cama, e envolvê-la com uma mantinha, um blusão velho, para que ele possa se aconchegar nela. A blusa com o cheiro do dono e a bolsa quentinha podem acabar de vez com a choradeira.




3. Nunca aceite um filhote com menos de 50 dias (o ideal é a partir de 90 dias). 

Um cão não deveria nunca ser desmamado antes desse período. 

O aleitamento é importante para todo e qualquer filhote. Ainda mais que durante esse período ele aprende a "ser cão", com a mãe dele.

Ou seja, esse período é o tempo que ele necessita para se socializar, brincar com os irmãozinhos da matilha, aprender truques e comportamentos com seus iguais.

Retirá-lo da família original pode causar comportamentos erráticos, como medo em demasia, desconfiança e atitudes agressivas (que nada mais são do que uma forma de se defender). Desconfie de donos ou criadores de cães que oferecem filhotes muito novos.


Quando dar o primeiro banho do filhote?


4. Qual a idade certa para seu filhote tomar o primeiro banho? A melhor pedida é dar o banho apenas depois do desmame, ou seja, depois de 50 dias, no mínimo.

Cuide para não entrar água nos ouvidos, que são especialmente sensíveis nesse período; sempre use sabão neutro ou de coco, evite shampoos (mesmo aqueles indicados para filhotes) e produtos anti-pulgas até pelo menos 6 meses de idade.

5. A partir do desmame você já pode alimentá-lo com a ração para filhotes. E apenas isso. Hoje em dia sabe-se que esse é o melhor alimento para o cachorro.

Antigamente era comum o cãozinho ser alimentado com as sobras do almoço e do jantar.

Mas estudos comprovaram a relação existente entre essa prática e doenças do fígado, diabetes e outros males que podem atacar o cachorrinho. Evite dividir seu prato com ele.

Leia também: Adoção de cães - 10 dicas para evitar incômodos

6. Xixi e cocô no lugar certo: ao chegar na sua casa o filhotinho ainda não aprendeu exatamente o que você quer dele. 

A tendência natural é fazer suas necessidades próximo ao local onde está a comida e a caminha. Se você mora em apartamento, isso pode se tornar uma situação bem complicada.

Nesses casos, evite bater no animalzinho; agredi-lo de qualquer forma (até mesmo verbal) pode deixá-lo arredio. Lembre-se que ele ainda não tem laços fortes com você. Agir assim pode dificultar ou impedir que você ganhe sua confiança.

Além do mais, a bronca pode fazer com que ele esconda o que fez em outros cantos da casa, o que vai tornar o adestramento mais demorado.

Mas nada é impossível. Comece descobrindo onde ele fez o xixi. Cubra com jornal até estar seco. Limpe bem o local para não restar qualquer indício do odor da urina. 

Depois coloque mais folhas de jornal no lugar em que você quer que ele use como banheirinho. Coloque aquela primeira folha com xixi embaixo das outras. Ele vai acabar descobrindo qual o local certo para fazer. E isso inclui o cocô.

7. A castração. Esse é um processo que não apenas impede a gravidez indesejada, mas pode, na fêmea, proteger de tumores mamários e infeções urinárias; no macho, de câncer nos testículos e problemas com a próstata. 

Além disso, o cão macho, depois de castrado, não vai mais marcar o território pela casa toda. A partir de 6 meses de idade o procedimento já é possível.

8. A socialização. O cachorro precisa manter contato com outros da sua espécie desde cedo. Você já deve ter visto aqueles cachorrinhos que não suportam ver outros cães, e já ficam enlouquecidos querendo briga.

A socialização desde cedo evita esse comportamento. Além disso, socializá-lo com outras pessoas além da sua família vai mantê-lo sob controle o tempo todo. Evite criá-lo como um bicho.

9. Dê muitos brinquedos para ele mastigar. Filhotinhos tem seus dentes em constante crescimento. Mastigar ajuda-os a manter a boca saudável. E os deixa ocupados por bastante tempo. 

Se ele não tiver brinquedos à mão, vai mastigar qualquer coisa a seu alcance, desde a perna da mesa até as almofadas do sofá. Mantenha-o feliz, deixe alguns itens divertidos por perto, para que ele se exercite.

Leia também: Cachorros condenados à morte

10. Vacinas e vermífugos. O filhote deve ser desverminado já aos 30 dias. A partir daí, até os 6 meses de idade, ele deve ser desverminado uma vez ao mês. E a vacina? Jamais vacine um cachorrinho antes dos 45 dias.

Ele ainda pode ter anticorpos da mãe, o que vai inutilizar a vacina. Lembre-se: As vacinas múltipla e anti-rábica são obrigatórias. 

Além disso, converse com o veterinário, pois existem outras importantes vacinas que previnem zoonoses.

O adestramento de cães difíceis e teimosos

Não esqueça de procurar material de qualidade para que seu cachorro tenha saúde e se comporte devidamente.

Invista na educação do seu animal de estimação. Um cachorro comportado e saudável é a melhor companhia que você pode querer.

Neste artigo aqui nós explicamos como os melhores adestradores profissionais conseguem adestrar cães difíceis, teimosos e hostis. 

O segredo desses adestradores é iniciar um programa de adestramento voltado à educação canina, com objetivos claros para o animal.


Cachorros que latem excessivamente

Neste artigo aqui, nós mostramos a você os riscos de ter em casa um cão que late sem parar, provocando problemas com a vizinhança inteira.


Conheça métodos e truques para diminuir esse barulho e pacificar os cachorros mais nervosos.

Esperamos ter sido úteis!

Até mais!