Casinha de cachorro - 10 dicas

Casinha de Cachorro - Dicas para você comprar a certa

Muitas dúvidas podem surgir na cabeça de quem quer comprar uma casinha de cachorro, ou até mesmo, construir uma.

Qual o melhor material? Qual o tamanho exato? 

Que tipo de cuidado deve ser levado em conta? Vale a pena comprar uma casinha de cachorro de madeira? 

E uma casinha de cachorro de plástico? Como fazer com que ele se sinta à vontade e feliz no seu cantinho próprio?

Como comprar a casinha de cachorro

Neste artigo iremos apresentar 10 dicas para comprar uma casinha de cachorro perfeita.

Há opções de casinha de cachorro barata à venda na Internet.

Existem muitos modelos sendo comercializados em pet shops online. Nossa intenção é ajudá-lo a escolher de forma consciente entre as várias opções.

Tenha em mente que seu animalzinho precisa ter um canto só seu. Você deve saber se o seu bichinho de estimação vai viver fora ou dentro de casa. 

Se seu cachorrinho é caseiro, ou seja, vive dentro do apartamento ou da casa, ele precisará ter um cantinho só dele. Nesse caso, uma almofada ou uma cama para cachorro que seja confortável e prática já é suficiente.

No entanto, mesmo nesse caso existem opções de casinhas e cabaninhas para cachorros que não vivem do lado de fora.

Casinha de cachorro de plástico

A casa de plástico favorece a limpeza e tem grande resistência à proliferação de parasitas, fungos e mofo.

A higienização é facilitada por causa do material. A sujeira não adere às paredes.

Uma casinha de qualidade tem proteção contra a incidência do sol, evitando, assim, que o material sofra a ação dos raios ultravioletas.

É imprescindível que haja janelas e aberturas para a circulação de ar.

Nossa sugestão é a Dog House - Keter. É desmontável e elevada, sendo de fácil transporte e evitando o contato direto com o chão. É indicada para cães de médio e grande porte.

Casinha de cachorro barata

Uma casa para seu cãozinho não precisa ser cara. Ela tem que ser aconchegante e confortável.

Além disso, ela precisa ter um estilo compatível com o cachorro. Cães muito ativos e bagunceiros precisam de casas fortes e resistentes, e que permitam uma saída rápida.

Cachorros idosos gostarão de casas quentinhas, com uma boa almofada.

Filhotes adoram cabaninhas, que lembram o conforto da ninhada.

Qual a melhor casinha de cachorro?

A melhor casa para seu cachorrinho é aquela que consegue envolvê-lo confortavelmente, sendo, ao mesmo tempo, de fácil entrada e saída.

Eles não gostam muito de ter que se espremer através de uma abertura muito apertada.

O próprio cachorro demonstra o quanto gostou do seu cantinho. Cães que gostaram da nova casa costumam ficar bastante tempo dentro dela.

10 Dicas para a casinha de cachorro

1) A casa do seu cachorrinho deve ser, para ele, como uma toca. Cachorros não gostam de viver ao léu. Eles precisam se sentir aconchegados e quentinhos.

A casa precisa ter uma única entrada com pouco mais do que a sua medida. Isso o deixará seguro e confortável.

Uma casinha de cachorro grande deve ser pensada apenas para cães de maior porte.

2) A casa do seu cachorrinho deve ser proporcional a ele. O cão tem que conseguir ficar em pé dentro dela. Muitas vezes vemos casas que o animal quase leva junto, quando se levanta para sair. 

Veja que cachorros, quando ouvem o latido de outros ou quando ficam exaltados (para brincar ou para passear), saem de dentro da casinha como um míssil. 

Você nunca irá ver um cão se levantando com todo o cuidado e delicadeza para retirar-se de dentro da sua casa em momentos assim. 

Não apenas isso, mas também avalie as medidas dele quando deitado, de forma a que o animal permaneça confortável nessas posições.

Leia também: Acessórios para cachorros (Parte II)

Tenha em mente as medidas do cachorro, e avalie isso na hora de comprar a casinha dele.

Casas com medidas inadequadas podem ferir o bichinho quando ele sai ou entra, causando feridas que, se não tratadas, podem infeccionar. 

Ou, ainda, podem deixá-lo dolorido por não conseguir dormir e esticar-se adequadamente.

Além disso, pense que o animal quase sempre gira em torno do próprio corpo antes de se deitar. Todos os cachorros fazem isso. Então é muito indicado que ele consiga fazer esse movimento com liberdade dentro da sua toca.

3) Devo dar uma casa grande para ele, então? Não necessariamente. Se você mora em uma região muito fria ou que apresenta um inverno mais intenso, a dica é que a casa do seu cachorro seja adequada a seu tamanho.

Se for muito grande, ele não conseguirá aquecer-se com facilidade. O ideal é que a casinha tenha o tamanho proporcional, de forma a se tornar aconchegante.

4) Casas de plástico são muito práticas, leves e resistentes. Em geral as pessoas as têm adquirido com maior frequência, pois além de tudo são facilmente laváveis e o telhado costuma ser removível. 

Pense, além disso, no entanto, o conforto térmico desse material. Em climas muito frios é aconselhável aquecê-las com almofadas macias e quentinhas.

A casinha de cachorro de plástico costuma ser mais barata, geralmente, e exige menos cuidados de manutenção.

5) Prefira casas com almofadas. Pense em modelos de tecido, se não optar pelos de plástico. A casa macia favorece o conforto do cachorro. Além disso, o tecido adquire o cheiro do animal, deixando a casa mais convidativa.

6) A casa deve ser mais alta e estar longe do chão. Uma boa medida é cerca de 20 cm. Isso evita que insetos e outros bichos entrem com facilidade no local, e é uma boa medida para evitar a umidade do solo. Além disso, cria um isolante térmico natural através do ar.

7) Para erguer a casinha você pode construir ou mandar fazer um pequeno estrado de madeira. 

8) Cuide do acabamento externo da casinha. Se aparecerem fissuras que comprometam a impermeabilidade do material, procure consertá-las. Casinhas que ficam muito tempo expostas ao sol forte podem sofrer danos.

Além disso, cuide para que não existam pontas perigosas à vista, evitando, assim, que seu cachorrinho possa se ferir. 

Outra boa dica é pedir para o marceneiro fazer as quinas (os cantos) com outro material, como o metal. Tenha em mente que o cachorro sempre começa a "comer" a casa a partir das quinas. Se ele não puder roê-la pelas beiradas, ele a deixará em paz.

9) Existem modelos de casinhas com o telhado removível, para facilitar a limpeza. Isso facilitará muito a higienização do local.

Não esqueça de expô-la ao sol e de passar o aspirador de pó regularmente, evitando, assim, a proliferação de parasitas, fungos e ácaros.

10) Prefira entrada lateral, e não centralizada no meio da casa. As entradas laterais protegem o cachorro das correntes frias de ar, criando um local protegido dentro da sua toca.

Você ainda pode virar a entrada para a parede, deixando um espaço para que o animalzinho entre. Isso evita as correntes frias.

Escolhendo certo a casinha de cachorro

Agora que você já sabe o que levar em conta ao adquirir a casinha para seu cachorro, vá em frente e presenteie o mascote com a sua nova toca.

Algumas opções de casinha para seu mascote

A Puppy Angel preenche os requisitos de maciez e conforto, além de ser uma casinha com ótimo acabamento.

Casas confeccionadas desse material facilitam o controle de temperatura, evitando diferenças bruscas que podem causar incômodo ao animal.

Além disso, criam um ambiente semelhante à toca que os cachorros buscam para se abrigar naturalmente.

A Puppy Angel vem nas cores rosa e marrom, é lavável, dobrável e tem um sistema de zíper.

A escolha certa

O ideal é você pesquisar e comprar a casinha mais adaptável a seu cachorrinho.

Lembre-se: ele vai demonstrar o quanto gostou.

Até breve!