Por que o cachorro come fezes?


Quando cachorro come fezes

Coprofagia

Hábito do cachorro de ingerir fezes (as dele mesmo ou de outro animal).

Alguns cachorros têm uma compulsão incontrolável por fezes. 


Eles irão se alimentar do material sempre que tiverem uma oportunidade.


Uma das reclamações que mais recebemos é a seguinte: meu cão come fezes!

Às vezes eles sentem necessidade de suplementar sua alimentação habitual. Nesse caso você terá que ver se não está faltando nutrientes na comida do seu mascote.

Neste artigo vamos listar 10 motivos por que o cachorro come suas fezes.


O que fazer quando o cachorro come suas fezes

Para o animal, comer fezes (coprofagia) é um ato que pode estar relacionado a vários fatores. O importante é descobrir o que leva o cão a buscar a ingestão do cocô.

1) Cachorros que foram maltratados ou levaram uma "bronca" dos donos por terem feito suas necessidades em local errado, podem apresentar esse tipo de comportamento.

Por uma confusão na hora do aprendizado, eles imaginam que fazer cocô é uma atitude indesculpável, e o dono pode puni-los novamente se eles repetirem esse ato.


Ora, não existe forma de impedi-los de se "aliviarem". O que acontece, então, é que o cachorrinho vai comer o que fez para que o dono não veja.



Por isso, quando o cachorro come as próprias fezes ele pode estar sinalizando um aprendizado errado, ou seja, algo que ele aprendeu através de um ensinamento incorreto dado pelo dono.

2) Se você alimenta apenas uma vez ao dia seu cachorrinho, ele corre o risco de apresentar esse hábito. 

Alguns estudos concluíram que quando o animal se alimenta várias vezes durante o dia (ao menos 2 refeições), a probabilidade de ingerir fezes diminui.


Isso porque o cachorro que come toda a sua alimentação de uma única vez não consegue absorver todos os nutrientes. 


Mais tarde ele vai voltar ao cocô para tentar reabsorvê-los.



Como cuidar de cachorro que come fezes

3) Ansiedade, medo e tédio. Cachorros que ficam muito tempo sozinhos (uma tarde inteira, por exemplo), costumam apresentar esse hábito. 

Também agem dessa forma aqueles que estão amedrontados com alguma coisa, ou os que não têm brinquedos para se divertir ou atividades que os façam gastar energia. Nesse caso, invista em brinquedos interativos para cães (podem ser feitos em casa mesmo).


4) Dominação. Se você cria 2 cachorros ao mesmo tempo, e um deles é dominante, o outro pode estar se alimentando menos do que o aconselhável. O cão alfa pode impedir que o seu companheiro se alimente.

Não raro, o dominante vai se alimentar da sua comida e da do outro. Ou vai simplesmente impedi-lo de chegar perto do seu pratinho. 


É muito provável que isso esteja acontecendo, quando o cachorro come as próprias fezes.

Como resultado da fome, o cachorro vai buscar os nutrientes faltantes nas fezes.


5) Algumas vezes o cachorro pode ter dificuldades em absorver os nutrientes do alimento. 

Deficiências no sistema digestivo, parasitas ou outros problemas podem levá-lo a tentar reabsorver nas fezes os nutrientes que o corpo não conseguiu assimilar na comida.


6) Cachorros (principalmente filhotes) que ficam presos em uma área pequena podem querer "limpar" o local por conta própria, ingerindo as fezes. 


Para alguns cães é desagradável permanecer muito tempo em um ambiente infestado de cocô.


7) Da mesma forma, alguns cães ao verem o dono limpando a sujeira, podem querer imitá-lo.

Isso os leva a comer seus dejetos para que o local fique limpo.

8) Alguns cães simplesmente acham engraçado o contato com sua sujeira.

Principalmente enquanto filhotes, eles sentem necessidade de explorar o material.


A curiosidade deve passar com o tempo. No entanto, não deve ser encorajada nem punida em excesso, pois o cachorro pode assimilar uma bronca de várias maneiras - às vezes de forma errada.


Em algumas situações pode ser necessário um adestramento específico, como ensinar o cão a não comer coisas do chão.

9) Algumas raças parecem mais propensas a agir dessa forma. Entre elas, os Lhasa Apso, os Shih Tzu e os Retriever.

10) Por vezes há alguma substância no material que atrai a atenção do cachorro. Sabe-se que algumas rações exercem certa atração, pois nem todos os ingredientes são absorvidos pelo organismo na primeira vez em que passam pelo trato digestivo. 


Dessa forma, quando expelidos, esse ingredientes atraem os cachorros, quer seja pelo cheiro ou pelo gosto.


Além disso, frutas muito doces continuam exalando um cheiro adocicado mesmo nas fezes, o que faz o cachorro querer ingeri-las novamente.


10 Dicas para fazer o cachorro parar de comer fezes

Muitas vezes o simples ato de não dar frutas ao cachorro já resolve o problema. É possível, também, mudar a fruta que é dada a ele, fornecendo uma menos adocicada, que não irá exalar um cheiro muito atraente depois de digerida.

Meu cão come fezes!

Muitos cachorros acabam desenvolvendo, com o tempo, algumas manias erradas.

Comer cocô, por exemplo, é um costume que o cão adquire e que deve ser retirado através de condicionamentos, treinos e/ou mudança de hábitos.

Portanto, é necessário adestrá-lo e convencê-lo a deixar de comer as próprias fezes.



Como evitar que cachorro come fezes?

Pode-se evitar a ingestão de fezes por parte do cachorro aumentando a qualidade nutritiva da ração.

Em alguns casos a vontade de comer fezes representa um sintoma nutricional importante, e deve ser investigado a fundo. 


Ao receber ração de qualidade inferior, o cão continua faminto mesmo depois de ingerir grande quantidade de comida. 

Essa fome toda o faz buscar nas próprias fezes o aumento da saciedade, ou seja, matar o restante da fome.


O que fazer quando o cachorro come fezes - tratamento

Às vezes a vontade de ingerir cocô é causada pela baixa autoestima do animalzinho, que procura esconder algo que considera errado.

Ele pode estar tentando se livrar do material antes que você o veja. A única forma que ele tem pra fazer isso é comendo.


Isso pode explicar porque o cachorro come as fezes dele.


Nesse caso, o tratamento deve ser disciplinar, educativo e realizado através do adestramento básico.


O meu cão come fezes

Ao nascer, o filhotinho precisa de estímulos da mãe para que seu sistema digestivo funcione corretamente. Dessa forma, a cadela lambe repetidas vezes a barriga do filho, estimulando o intestino.

As fezes do bichinho são ingeridas pela mãe. O ato tem duas explicações: primeiro, ela impede que o ninho fique sujo, atraindo parasitas; depois, essa atitude deixa o filhote limpo, refletindo-se isso na sua saúde.

Manter o ninho limpo é prioridade para a mãe. Fazer o intestino do filhote funcionar é um ato instintivo que a cadela executa automaticamente.


Isso, em si, não é um ato errado e não deve ser condenado pelo dono do cachorro.


Ralhar com a cadela que está limpando o ninho e o filhote é um erro que pode causar transtornos posteriores. Afinal a cadela pode ficar confusa ao ser admoestada por fazer algo que ela considera sua obrigação.


Porque cachorro come fezes de outro

Por outro lado, cadelas que recém tiveram filhotes, e que não estão tendo uma alimentação completa, podem, por vezes, procurar nutrientes nas fezes de outros animais.

É importante que a ração que damos à mãe seja forte o suficiente para mantê-la saudável durante esse período.


Ela precisa ser muito bem nutrida durante o período de amamentação, ou poderá sofrer de anemia e outros problemas de saúde.


Além disso, quando há uma clara hierarquia na casa, e um dos cães é o líder, o outro cachorro pode se sujeitar a comer suas fezes, como sinal de submissão.


O cachorro come fezes - remédio

Existe um medicamento que é utilizado para os casos em que o adestramento, a suplementação da ração e o treino disciplinar não deram certo.

Chama-se cropovet, e deve ser receitado pelo veterinário. Sua função, basicamente, é tornar as fezes menos atrativas para o cachorro, fazendo-o perder o interesse pelo material.

Se você tentou de tudo e não conseguiu resolver a situação, procure um profissional e solicite uma receita. 


Ensinando o cachorro a não comer fezes

De forma geral, esses são os motivos para que o cachorrinho apresente esse hábito.

Nem sempre o animal segue repetindo isso pela vida toda, entretanto. Pode ser que seja uma fase passageira ou, ainda, um episódio único.

Nesses casos, o dono deve fazer uma avaliação para tomar as decisões corretas.

Se o cachorrinho tem uma alimentação deficiente, nenhum adestramento será capaz de auxiliá-lo a parar de comer fezes, pois seu organismo "necessita" dessa nutrição extra.


De igual forma, quando mantemos o animal preso em um local muito sujo e pequeno, é natural que ele procure se livrar do cocô.


É fundamental investigar as causas do hábito, pois seu mascote pode adquirir parasitas muito fortes alimentando-se desses dejetos. 

Além disso, é um costume que você não deve deixar enraizar-se no seu comportamento.



90% Truques. 10% Treinos rápidos.

Não gostamos de adestramentos longos e cansativos. Queremos "consertar" rapidamente os hábitos ruins dos nossos cachorros (latidos excessivos, destruição da casa, mordidas dolorosas, mania de ingerir fezes, etc.) sem adestrar, apenas com truques. 

90% Truques. 10% Treinos rápidos.