Por que o cachorro come grama?


É normal o cachorro comer grama?



Nossos animais de estimação adoram comer grama. 

Durante o passeio, é normal o animalzinho parar, cheirar e escolher um pouco de capim, uma folhagem qualquer, para calmamente mastigá-la.


O hábito atinge animais adultos e filhotes de cachorro de todas as raças.


Na verdade, se estiver com algum tipo de gastroenterite, ou outro problema digestivo, o animal irá se atirar avidamente sobre os talos de capim e engoli-los inteiros.

Comer grama é um comportamento normal?

Em um estudo realizado em 2008, cientistas descobriram que o consumo de grama pelos animais domesticos não levava ao vômito. Esse estudo foi publicado na revista Applied Animal Behaviour Science

O que se descobriu é que os animais de estimação que estavam com problemas no seu trato digestivo (dores abdominais, doenças causadas por bactérias, parasitismo ou outros de origem gastrointestinais), vomitavam logo após a ingestão do vegetal. 

Os cachorros que não apresentavam qualquer problema de saúde, não o faziam, mesmo depois de ingerirem uma quantidade razoável do material. 

Enquanto algumas pesquisas parecem indicar que cachorros comem grama simplesmente porque querem, outras vão em outro sentido, indicando que certas raças de cachorros preferem um determinado tipo de capim, demorando-se na escolha da variedade desejada. Ou seja, buscando um tipo específico. 

Verificou-se, também, que os filhotes de cachorro começavam cedo a ingerir vegetais durante os passeios. 

O consenso é de que o comportamento do cão é considerado normal. Na natureza os cães selvagens e os lobos também adotam essa dieta, sugerindo uma alimentação mais variada do que se pensava. 

Recentes pesquisas indicam que o hábito pode ser resultado da própria forma de se alimentar dos predadores. 

Como já dissemos anteriormente, ao abater grandes herbívoros, o lobo (ou o cão selvagem) acaba se alimentando do seu estômago e intestino, que devem estar cheios de vegetais. 

O consumo regular desse material os habituou a inclui-lo na dieta. 

Sabemos que cachorros domésticos pertencem à família dos lobos e cães selvagens. O comportamento parece estar inserido nos seus hábitos.

Embora possa ser um hábito, há pesquisadores que acreditam que a ingestão de grama pode estar relacionada a uma dieta pobre em fibras e minerais, forçando o cão a buscá-los em plantas. 

De fato, conforme publicado no Journal Of Veterinary Medical Science, em 2007, observou-se que um cachorrinho da raça poodle que foi submetido a uma dieta rica em fibras e minerais, abandonou o hábito de se alimentar de vegetais em poucos meses. 

Acreditamos que, embora pareça fazer parte dos hábitos naturais de um cachorro, a ingestão habitual de vegetais pode significar que algo não vai bem na sua dieta. 

Ao procurar suplementar suas refeições, o cachorrinho pode estar dando sinais de que a ração (não importa a marca ou o tipo) não é suficiente para que ele se sinta alimentado. 

Caso o cachorro esteja recebendo restos de comida proveniente das refeições do dono, pode estar aí o problema. 

Dificilmente a nossa refeição será ideal para o animalzinho. Na verdade, se ele se alimentar do que comemos, provavelmente terá seguidas crises de vômito e diarreia, visto a nossa alimentação não ser adequada a ele.

Cachorros que necessitam ingerir grama com regularidade podem estar tentando eliminar algum parasita ou diminuir algum sintoma gastrointestinal. Forçando o vômito através da ingestão de vegetais, o cachorro consegue aliviar o incômodo.


O que fazer se seu cachorro come grama? 

Caso seu cachorro apresente esse comportamento de forma compulsiva, há uma grande chance de ele estar passando por um desses problemas. Nesse caso, a sugestão é monitorá-lo, verificando se suas vacinas estão em dia, e se não é necessário desverminá-lo. 

Parasitas que se fixam no trato intestinal podem “roubar” grande parte dos nutrientes da sua alimentação, levando-o a quadros graves de desnutrição. 

Por outro lado, a vacinação é importantíssima nesses casos, pois seu cãozinho pode contrair doenças graves ao alimentar-se de grama que outro animal doente possa ter infectado.

É importante ter em mente que filhotes de cachorro ainda não têm a imunidade formada. Animais domésticos portadores de alguma doença transmissível podem ter contaminado o local.

Verificar se a ração está suprindo suas necessidades nutricionais é obrigatório. Além disso, você deverá cuidar para que o hábito não seja consequência de alguma doença, fazendo com que o cachorrinho busque comer grama para aliviar os sintomas.

Lembre-se: esse comportamento não é errado ou condenável. Pelo contrário, é bastante normal, desde que não seja causado pela busca de aliviar sintomas ou reforçar a alimentação. 

Tenha em mente que é possível contrair algumas doenças agindo assim. Esteja com o calendário de vacinas em dia.

Quer saber como consertar os maus-hábitos do seu cachorrinho? Dê uma olhada neste material aqui.

Até breve!