Por que os cachorros latem?

Por que o cão late?

Algumas raças de cachorros, principalmente filhotes de cachorro que são habituados a latir muito cedo, tem a tendência de latir o tempo todo.

Cachorros pequenos podem ser mais insistentes. Use, nesse caso, jogos de animais (como bolas e brinquedos de morder) para educá-los.

Já sabemos, porém, que o latido é a forma que seu animal animal tem de se comunicar, não apenas com o dono, mas com o mundo. Desenhos animados exploram essa característica há bastante tempo.


O que é o latido?

Animais selvagens se comunicam entre eles; com o cachorro não poderia ser diferente. O mundo animal não difere tanto como pensamos.

É latindo que o cão consegue "conversar" com seus iguais, pedir comida ou água, informar que está doente, triste ou raivoso.

Através desses sons, o animal consegue alertar a matilha sobre algum perigo iminente, sobre o local onde há comida ou acerca da invasão de seu território.

Latidos de cachorro

Embora não seja uma língua tão complexa como a humana, o latido desempenha suas funções de forma bem eficiente.

Acredita-se que o cachorro, ainda na infância, consegue gravar o som dos latidos da mãe de tal forma que dificilmente irá confundi-lo com o de outra cadela. O mesmo vale em relação a ela: o latido do filhote é inconfundível.

É normal o cachorro latir tanto?

Cientistas têm procurado descobrir se os latidos dos cães são algo normal.

Sabe-se que, na natureza, os lobos não latem com a mesma frequência. Na realidade, fora os momentos de cruzamento e brigas, os lobos não costumam latir.

O excesso de latido dos cães, desse modo, parece ser causado por duas circunstâncias:

1) a cidade - o lobo, no habitat selvagem, não tem tantas distrações quanto o cachorro em uma cidade grande. Há um excesso de informações que devem ser ser analisadas, como sons, cheiros, pessoas e animais.

Um cão nunca está em um ambiente totalmente silencioso. Há carros em demasia, vozes, gritos, máquinas e portas e janelas batendo; além disso, há o cheiro de outros animais, de alimento, de lixo, de chuva. Todas essas informações devem ser processadas diariamente;

2) o ser humano - muitas raças foram manipuladas através de várias gerações, até que chegassem aos nossos dias. Ao selecionar as características que mais interessavam, o homem também acabou selecionando outras não tão desejadas, como os latidos excessivos.

Por outro lado, muitos donos não conseguem educar seus animais e passam a eles informações contraditórias. O resultado é um cachorro confuso, que não sabe se comunicar com seu dono de forma eficiente.

Aprenda um truque simples para cães que latem no quintal ou no portão

O que significa o latido do cachorro?

Não é possível traduzir o latido dos cachorros como se existisse um dicionário. No entanto, alguns parâmetros podem ser observados de forma a se conseguir formar um sentido.

Alguns cães expressam um latido com intervalos longos (algo em torno de 15 segundos) quando querem pedir algo, como água, comida, dar uma voltinha, que lhe abram a porta, etc.

Latidos com intervalos mais rápidos podem significar um aviso; muitas vezes vêm acompanhados de rosnados e outras expressões de alerta, como os pelos eriçados, as orelhas abaixadas, os dentes à mostra, etc. Nesse caso o cachorro pode estar alertando sobre a presença de pessoas ou animais estranhos, ruídos e cheiros diferentes.

Latidos incessantes podem representar a invasão de seu território, a presença de fêmeas no cio ou de animais e pessoas nas proximidades. 

Também são frequentes quando o animal vivencia um desconforto, como fome e sede, frio ou calor excessivos.

Latidos agudos em excesso podem acontecer quando o cão está há muito tempo sozinho. 

Isso é comum quando o animal permanece o dia todo amarrado em um pátio, sem receber visitas. Como o cachorro é um animal gregário por natureza, a solidão o faz latir dessa forma.

Cada latido significa uma coisa

Um latido não é necessariamente igual a outro. Como donos, temos que saber diferenciar o latido que representa fome do que representa medo.

Nesse caso, cada um tem um padrão acústico diferente. Geralmente a tonalidade mais baixa do som representa que o animal não está para brincadeiras.

Latidos de tonalidade mais aguda, porém, podem significar que o animal quer se divertir. Dessa forma, caberá ao dono verificar se o cão está demonstrando vontade de brincar ou solidão, que são ambos representados por latidos agudos.

Aprenda a se comunicar com seu cão

Não temos um tradutor de latidos para interpretar o que nosso mascote quer dizer.

No entanto, quando conseguimos entender alguns dos padrões de latido dos cães, fica mais fácil interagir com eles e, na medida da necessidade, resolver algumas de suas carências.

O ideal é aprender um pouco a cada dia, através da convivência, e ir descobrindo, dessa forma, o que nosso mascote pretende nos dizer.

É importante evitar o latido insistente

O cachorro que late o tempo todo pode acabar atraindo para si mesmo a ira dos vizinhos, que se sentem incomodados com o barulho.

É muito comum a vizinhança reclamar desses latidos, o que pode trazer incomodações e multas.

Veja neste material aqui como impedir que o transtorno se transforme em algo sério, e veja como evitar que seu cachorro vire o inimigo número um da vizinhança.



Outros artigos