28 Truques para fazer o Cachorro Parar de Latir IMEDIATAMENTE





  • Cães que latem exaustivamente no portão de casa,
  • Que latem para a campainha, para a porta, para o corredor do prédio;
  • Que latem para o elevador;
  • Que atacam outros animais durante o passeio;
  • Que latem por ciúmes do dono ou outros cães;
  • Que latem durante as refeições;
  • Que choram o tempo todo ou quando ficam sozinhos;
  • Que uivam à noite;
  • E muitas outras situações complicadas.

GARANTIA DE 100%

Ao adquirir nosso Método 28 Truques, você tem direito a uma garantia de satisfação. Se não encontrar as informações que procurava, ou se achar que nosso Método não se ajusta a seu animal de estimação, você terá seu reembolso garantido.

Como ensinar o cachorro? Veja algumas dicas para ensinar seu cachorro a ser bem comportado:

Essas dicas são apenas um breve resumo. No eBook 28 Truques Definitivos para Fazer o Cachorro Parar de Latir Imediatamente, você encontra um livro inteirinho dedicado a resolver os latidos de uma vez por todas.

1) Invista em educação canina. Leia tudo o que puder sobre como fazer seu cachorro se comportar melhor. Não apenas em relação aos latidos, mas também acerca de todos os hábitos ruins que ele tem, como morder as pessoas o tempo todo, atacar o saco de lixo, fazer as necessidades no lugar errado, etc.

Precisamos conhecer cada vez mais nossos mascotes para saber como adestrá-los, como fazer com que nos obedeçam e como obter deles a atenção para o que queremos ensinar.

2) Não subestime a capacidade de compreensão do seu cachorro. Cães conseguem compreender muitas das atitudes que tomamos. Eles podem decifrar o tom da sua voz, expressões faciais e linguagem corporal.

Além disso, pesquisadores afirmam que muitos cachorros conseguem perceber quando estamos mentindo. Também sabem quando estamos com medo, ansiosos ou nervosos. 

3) Aprenda com quem sabe. Se você for procurar instrução, procure onde seja mais provável encontrá-las. É muito fácil ser enganado por métodos e maneiras de adestrar seu cãozinho que podem estar erradas. Nesse caso, seu mascote pode ser ferido, aprender errado, ficar irritado com você, ou perder a confiança.

4) A melhor forma de ensinar o que você quer é através do reforço positivo. Biscoitos, brinquedos ou elogios devem ser considerados.

Quando fazemos do treino uma brincadeira, um momento de diversão, o cãozinho vai ter motivos para colaborar. Ao contrário, se fizermos tudo como se fosse um obrigação, ele pode "sabotar" o treinamento, deixando tudo mais difícil.

5) Cães nervosos, briguentos, teimosos e que não costumam colaborar podem ser um motivo de desespero para o dono. Mas acredite: todos os cães podem ser adestrados. 

Muitas vezes, apenas mudando o ambiente em que ele vive, ou modificando algumas atitudes nossas em relação a ele, o cachorro consegue modificar seu próprio mau-hábito.

6) Explore três coisas importantíssimas: o que ele mais gosta, o horário em que ele é mais receptivo e seu local preferido.

Junte essas três situações e turbine o treino. Ele gosta de guloseimas? Mostre que, se ele cooperar, vai ganhar um biscoito. Ele gosta do quintal da casa, ou da pracinha, ou de ficar dentro de casa? Ensine-o nesse local. Mostre que ele vai ficar onde gosta, se colaborar com você. Ele é mais esperto pela manhã? Combine tudo isso junto.

Jogue o jogo dele, mas sempre visando o resultado que você quer.

7) A castração. Muitos donos são alérgicos a esse assunto. Mas pense bem: se você não vai usar seu mascote como reprodutor, qual o motivo para não castrá-lo? Um cachorro sofre sempre que vê uma cadela no cio. Se ele estiver preso, acorrentado ou dentro do pátio, ele vai sofrer em dobro.

Ele vai ficar sem dormir, sem comer ou interagir com você enquanto existir uma cadela no cio próximo a ele. Isso não é divertido.

8) Muitos cães sofrem com a chegada das festas de fim de ano ou finais de campeonatos esportivos, por causa dos fogos de artifício. 

O barulho alto e o estampido das explosões podem assustar o cachorro, que não consegue entender o que está acontecendo. 

O adestramento, nesse caso específico, deve ser feito para "dessensibilizá-lo". Esse treino consiste em expô-lo controladamente à fonte de estresse, demonstrando que ele não corre riscos. 

9) Não seja uma daquelas pessoas que tem um cachorro mal-educado, briguento, latidor e de quem ninguém gosta. Faça com que seu animal de estimação seja apreciado pelo bom comportamento e seja bem visto no seu prédio.

Ensine-o a ficar quietinho em casa enquanto você estiver fora. Faça com que ele pare de uivar e chorar à noite; treine-o para que não fique latindo no portão de casa o tempo todo, ou latindo para quem passa no corredor do prédio.

10) Estabeleça prioridades. Se o cachorrinho é barulhento só à noite, tire algumas horas para ensiná-lo corretamente. Se ele late apenas quando você está fora, procure mantê-lo entretido durante esse momento.

Cães que não gostam de ficar sozinhos fazem um barulhão quando você se afasta deles. Além disso, cachorros mimados ou muito inseguros destroem a casa toda, para demonstrar sua revolta.


Raça de cachorro X latidos insistentes

Baixe este Quadro de Latidos e veja se seu cachorrinho está entre as raças que fazem mais barulho.

Veja em qual situação ocorre o problema e organize seu plano de ensino. Se o cachorro tem vários problemas, organize-os em ordem de prioridade. Ataque primeiro os maus-hábitos mais importantes. Resolvê-los vai trazer mais alívio para você.

Invista em conhecimento para fazer seu cachorro se comportar! 28 Truques Definitivos para Fazer seu Cachorro Parar de Latir Imediatamente.