Cachorro chorando muito - o que fazer para filhotes de cachorro pararem de chorar


[VÍDEO] Cachorro chorando - o que pode ser?


Como já dissemos no artigo Como fazer o cachorro parar de chorar, existem 3 Leis básicas que devem ser seguidas para que seu cachorrinho compreenda o seguinte:

  • Ele não foi abandonado;
  • Ele não está sozinho;
  • Ele está seguro.

Se ele não está chorando por motivos físicos, isto é, se ele não está doente, com febre, com algum tipo de parasitose, com uma infecção ou machucadura, ele obrigatoriamente está chorando por uma dessas três causas.


Cachorro filhote chorando a noite

Por que o filhote de cachorro chora? Um filhote de cachorro recem nascido chorando muito é um bom exemplo do que explicamos sobre as 3 causas do choro. Ele é pequeno, indefeso e não sabe quais são as nossas intenções. Por isso, o choro de cachorro filhote é sempre uma espécie de pedido de socorro e proteção.

Você vai perceber que o filhote chora ao ficar sozinho. Isso exemplifica seu medo de ter sido abandonado. Como não sabe pra onde foi sua família, ele se assusta e começa a chorar. É uma boa ideia começar a acostumá-lo a ficar sozinho.


Cachorro velho chorando a noite

É possível, também, você ter algum problema com o cachorro mais velho que resolve chorar à noite porque não quer ficar sozinho. Quando idoso, o cachorro chora com lagrimas, criando um drama enorme e cortando o coração do dono.

Geralmente isso ocorre com cães que foram acostumados dentro de casa, e que agora têm que dormir na rua, por exemplo. Ou cães que dormiam no quarto, e agora devem ficar na área de serviço.

Alguns truques bem simples podem ser utilizados pra habituá-los ao novo ambiente. O melhor, nesse caso, é transformar seu novo lugar de dormir em um espaço divertido e agradável. É possível que apenas isso já resolva a situação.

Lembre-se: sempre que você tiver um cachorro chorando a noite, não importa a idade, certifique-se de fazer com que sua caminha, ou seu quarto, seja um lugar atraente e aconchegante, com bons brinquedos.


Existem raças de cachorros que choram mais?

Não existe, exatamente, uma raça ou raças de caes específicas que apresentem esse problema com maior insistência, embora as raças de cachorros pequenos sejam mais choronas. Além disso, o cachorro choramingando costuma ser de uma raça de pequeno porte.

Se você pretende adquirir cachorros de raça, busque informação sobre choro, latido e demais comportamentos.

Como fazer filhote de cachorro parar de chorar


Logo depois de você fazer uma varredura no seu filhote e verificar se ele está saudável, deve começar a mudar o padrão de pensamentos dele, demonstrando:
  • Que ele foi bem acolhido na família;
  • Que existe gente em volta, querendo o seu bem;
  • Que ele não corre qualquer risco.

O choro do filhote está intimamente ligado a essa sensação de segurança, acolhimento e proteção. Esses três princípios são importantíssimos para fazê-lo abandonar o choro.



Baixe o PDF com nossas dicas!


Cão chorando/choramingando muito


1) Ele não foi abandonado - Faça-o se sentir bem-vindo e acolhido na sua família. Demonstre que ele não foi abandonado, apenas encontrou outra matilha para ser parte integrante.

Faça isso brincando com ele, pegando-o no colo, conversando (para gravar o som da sua voz na lembrança dele).

Mas faça isso sempre próximo à sua caminha ou casinha. Quando brincamos com ele na sua própria cama, o cão aprende a assimilar a ela as lembranças boas com o dono. Dessa forma, quando ele tiver que dormir à noite, ele vai sentir o cheiro do dono na caminha, vai lembrar que se divertiu ali com ele.

Se acontecer de latir e choramingar, o problema será menor e mais fácil de resolver.

Ao contrário, se você brincar e pegá-lo no colo sem permitir que ele se habitue com a própria cama, ele irá estranhar muito quando tiver que ficar sozinho nela.

2) Ele não está sozinho - Filhotes recém retirados da ninhada e cães recém adotados têm um ponto em comum: o medo da solidão. Eles acreditam que perderam todo o vínculo com a matilha ou a ninhada, e ficarão sozinhos.

Esse sentimento é terrível para o cão, que tem o espírito gregário e precisa estar sempre em companhia de outros.

Demonstrar que ele ainda tem uma família que o irá cuidar e proteger é uma tarefa das mais importantes para o dono. O cachorro que cresce acreditando estar sozinho adquire instintos anti-sociais; pode se tornar agressivo e rabugento.

Existem maneiras simples de fazê-lo acreditar que não está sozinho: se não for inconveniente, ele pode dormir as primeiras noites no quarto com o dono (na própria caminha). 

Com o tempo, você pode ir afastando-o cada noite um pouquinho mais, até que ele possa permanecer no local definitivo.

Você também pode criar sons (música, rádios ligados, latidos no youtube) para que ele passe a noite se sentindo menos solitário, ou pode lhe emprestar uma camisa velha com seu cheiro, ou um paninho com o cheiro da mãe e dos irmãozinhos.

E, se o filhote já for mais grandinho (ou até mesmo se for adulto) você pode oferecer-lhe alguns brinquedos interativos para cães (podem ser fabricados em casa ou adquiridos em pet shops). Esse acessório pode mantê-lo ocupado por várias horas, fazendo-o esquecer de chorar.

Cachorro chora à noite

Falamos em passar a noite de forma mais calma, porque geralmente é à noite que o cãozinho chora com mais força. Dessa forma, é imprescindível encontrar soluções para ele nesse horário.

3) Ele está seguro - Enquanto dormia aconchegado aos irmãos e à mãe, o filhote se sentia seguro e não pensava na sua própria vulnerabilidade.

Quando o retiramos da ninhada, ele percebe que é fraco e pequeno (todos são gigantes perto dele), e se sente indefeso e despreparado para enfrentar-nos.

Já o cachorro adulto, que foi resgatado de algum abrigo ou retirado das ruas, tinha nos outros companheiros um porto seguro, coisa que não tem mais. Portanto, o porto seguro dele será o dono.

A segurança que eles procuram pode ser encontrada em cabaninhas e casinhas bem fechadas, onde eles se sintam como se estivessem em uma toca, protegidos.

Cabanas de gatos (respeitado o tamanho do cachorro) ou caixas de papelão com uma pequena entrada recortada podem servir para mantê-los em segurança.

Essas simples atitudes não apenas o faz compreender que está protegido, como o faz se sentir aconchegado, quentinho, dentro de uma toca - o que é instintivamente desejado por ele.


Meu cachorro chora do nada

Como demonstramos, o cachorro chora, na realidade, por três motivos simples. Há, ainda, um quarto motivo, que seria problemas relacionados à saúde dele. 

Excetuando-se esse quarto motivo, há três princípios que devem ser observados para que seu mascote se sinta mais à vontade e diminua o choro.

Quando você resolve esses problemas, a tendência do animal é compreender o quanto você se importa com ele. E daí por diante, o choro desaparece.

Agindo através dessa fórmula, você conseguirá abreviar muito o tempo que leva para ele se acostumar na sua casa.

Procure sempre informações úteis

Para diminuir todos aquelas manias chatas do cachorro, como os latidos, os uivos e o choro excessivos, você tem que trabalhar diretamente no problema através de truques práticos e alguns macetes.

Muitas pessoas perdem tempo precioso em cursos de adestramento que não são os mais indicados, pois ensinam truques sem utilidade. 

Procure primeiramente truques que ensinem seu mascote a evitar situações chatas, como a agressividade, a destruição da casa, o ataque à lixeira, às plantas, aos outros animais, etc.

É assim que criamos animais disciplinados e felizes, que não irão se meter em confusão!

90% Truques. Sem adestramento.

Admita, você não tem tempo, nem vontade, pra passar várias horas por dia adestrando seu cachorro. Não faça essa maldade com ele.

Assim como você, nós também não gostamos de adestramentos longos e cansativos. Queremos "consertar" rapidamente os hábitos ruins dos nossos mascotes.

Por isso, construímos o único método com 90% de truques, pra fazer ele ficar mais comportado.

90% Truques. Sem adestramento.

Até Breve!


OUTROS ARTIGOS